Pular para o conteúdo principal

Você é materialista?

Você é materialista?

Contribuí para a matéria escrita por Rosana Faria de Freitas do portal UOL.

Acesse o link e boa leitura!

http://noticias.uol.com.br/saude/ultimas-noticias/redacao/2012/10/20/ser-materialista-nao-e-um-defeito-o-importante-e-a-pessoa-viver-da-forma-como-se-sente-bem.htm#comentarios


Abraços

Fernanda Mion

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O que acontece na primeira consulta psicológica?

Olá caros amigos,

Resolvi escrever este texto após ter realizado uma consulta inicial de avaliação com uma moça que disse estar muito "nervosa" neste primeiro contato.

Tanto ela quanto outras pessoas já me revelaram que antes de ir ao consultório para uma avaliação psicológica, sentiram-se ansiosas, com dúvidas do tipo:


- Mas o que eu devo falar?
- Por onde eu devo começar?
- O que será que a psicóloga vai pensar de mim?
- Será que ela vai ficar me analisando?
- E se ela contar o que eu disser para alguém?

... entre outras, e muitas vezes sentem reações físicas, como: dores de cabeça e na barriga, suor excessivo, insônia, etc.

Para que estas reações e questionamentos não sejam impedimento para se procurar terapia, segue abaixo alguns esclarecimentos sobre o que acontece nesta primeira consulta.

Nós psicólogos, consideramos as primeiras consultas como um período de avaliação. É quando nos conhecemos pessoalmente, conhecemos as queixas e elaboramos um planejamento para ser s…

Conheça as principais linhas terapêuticas e decida qual a melhor para você:

Se você já procurou por algum profissional da minha área, já deve ter notado que alguns psicólogos são psicanalistas, outros Junguianos, outros trabalham com psicoterapia breve, psicoterapia cognitivo comportamental, outros com Gestalterapia, outros com a Hipnose ou PNL (como eu).

... Mas afinal, qual é a melhor para você? Qual linha de terapia você deve buscar???

Primeiro acredito ser importante ressaltar que estas diferentes linhas terapêuticas são as especializações dos psicólogos, que as escolhem muitas vezes por identificação pessoal. O que é importante salientar é que independente da linha que o psicólogo segue nos processos terapêuticos, todas possuem o mesmo objetivo em comum: "Ajudar" e "acolher" quem nos procura e desenvolver um profundo sentimento de bem estar. Além disso, todas as linhas têm o seu mérito e buscam os resultados para os diversos tipos de sintomas, como por exemplo: Estresse, ansiedade, depressão, fobias,  traumas, conflitos, dificuldades…

Filosofia do Sucesso por Napoleon Hill