26 de ago de 2012

A história da Programação Neurolinguistica

Um pouco de história...

As técnicas de PNL foram desenvolvidas na Universidade da Califórnia, na década de 1970, pelos norte-americanos Richard Bandler e John Grinder. Na época, o estudante de graduação em Ciências da Computação e o linguista se interessaram pela psicoterapia e decidiram investigar o que diferenciava os terapeutas bem-sucedidos e os que não tinham tanto êxito junto aos seus pacientes. Ao observar como os profissionais mais eficientes se compartavam, descobriram atitudes em comum que lhes permitiram ultrapassar os obstáculos que levam ao sucesso. A partir dessa descoberta, decodificaram a forma como essas pessoas elaboravam seus objetivos até alcançar a solução desejada e como era estruturada a estratégia desse processo de pensamento.

Bandler e Grinder compreenderam que os vencedores conseguiam superar limitações pessoais para potencializar suas qualidades e recursos intelectuais. Os principais fatores que levavam estas pessoas ao topo eram a capacidade de tomar decisões e, principalmente, a habilidade para se comunicar. Com essas conclusões, a dupla passou a testar o uso dos mesmos padrões por outras pessoas, descobrindo que era possível copiar as estratégias dos vencedores e alcançar o mesmo sucesso e resultados na vida profissional e pessoal.

Ao aliar as estruturas e ferramentas recém-descobertas ao uso da linguagem proposto pelo hipnólogo Milton Erickson, Bandler e Grinder desenvolveram uma nova ferramenta de mudança pessoal: A Neuro-Linguist Programming, ou Programação Neurolinguistica, em português.


Texto elaborado pela Sociedade Brasileira de Programação Neurolinguistica

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que acontece na primeira consulta psicológica | Vídeo com a psicóloga Fernanda Mion

Olá, tudo bem? Neste vídeo eu conto para vocês o que acontece na primeira consulta psicológica. Sei que ir a uma consulta pode ser motiv...

Postagens mais visitadas